Autoridades brasileiras e paraguaias aguardando a reabertura da fronteira; foto: Anderson Emilio

Após sete meses os municípios paraguaios que ficam na fronteira com o Brasil reabriram, no entanto, com limite de trânsito de 30 quilômetros. Quem ultrapassar essa distância, for abordado pela fiscalização do país vizinho e não tiver o registro de imigração, poderá ser interceptado.

As empresas devem oferecer aos turistas, locais para lavagem das mãos, álcool em gel e uso obrigatório de máscaras. Também devem sinalizar a distância de um metro e meio entre as pessoas, e evitar aglomerações.

Os documentos com os protocolos de reabertura da fronteira foram assinados pelo diretor-geral de Vigilância Sanitária do Paraguai, Guillermo Sequera, e pelo assessor técnico, Gustavo Montañez.

Após a Direção de Migração oficializar a reabertura ontem (15), foi realizada uma operação de regime de trânsito livre para a Ponte da Amizade (Ciudad Del Este), Pedro Juan Caballero e Salto Del Guaírá.

Como mostrado, foram estabelecidos horários de circulação, que em Pedro Juan, aqui na fronteira com Ponta Porã, são das 9h às 22h.

Na quarta-feira (14), a Direção de Migração por despacho do Poder Executivo, expediu uma resolução determinando regras para a volta das atividades, com a finalidade de evitar o contágio da Covid-19.

Quem for entrar no Paraguai precisará preencher o cartão de saúde no posto de controle de imigração, apresentar o teste de PCR-RT (Covid-19) com o resultado negativo, com prazo de realização de 72h antes.

Caso a pessoa vá como turista, precisará apresentar o cartão ou seguro médico internacional, com a cobertura de saúde completa onde inclui o atendimento da Covid-19. Quem estiver contaminado, deverá apresentar a documentação laboratorial anterior mesmo com a recuperação clínica.

“O turista deverá preencher a Ficha de Saúde do Viajante ao entrar no Paraguai, no posto de controle de imigração, ou até 24 horas com antecedência, ou pelo site do Ministério da Saúde Pública e Previdência Social”, cita trecho do documento.