Fronteira tem o 1º caso de Hepatite ‘misteriosa’

A fronteira Brasil e Paraguai, em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, tem o primeiro caso de Hepatite ‘misteriosa’. O paciente é uma criança que estava internada no HR (Hospital Regional), porém, por decisão da família, foi levada para uma unidade hospitalar no país vizinho.

O Ponta Porã News apurou junto ao secretário municipal de Saúde, Patrick Derzi, que a criança era acompanhada pelos médicos do Brasil, e a causa determinante da doença não foi encontrada e, por isso, os pais, que são paraguaios, decidiram buscar atendimento em Pedro Juan Caballero.

O momento é de alerta para as autoridades de saúde de Mato Grosso do Sul. Hoje (25), bebê de apenas um ano, que residia em Dourados, e estava internado no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, faleceu sob a suspeita da doença.

A causa da morte não foi confirmada até o momento e a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde da capital), descartou a Hepatite aguda, alegando que o caso foi avaliado também pelo Ministério da Saúde.

Além deste, outros dois casos de crianças e adolescentes que estavam com suspeita de infecção da hepatite ‘misteriosa’ também foram descartados na capital, e testaram positivo para dengue.

Atualmente, apenas um caso está sob investigação, trata-se de um adolescente de 14 anos, também internado no HR.

Os exames colhidos em Campo Grande são encaminhados inicialmente para o Lacen (Laboratório Central) e depois enviados ao laboratório da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

O que fazer em casos de suspeita de hepatite?

Pais e responsáveis devem estar atentos aos sinais de hepatite e procurar um hospital imediatamente caso estejam em dúvida. As crianças com sintomas de uma infecção gastrointestinal, incluindo vômitos e diarreia, devem ficar em casa e não retornar à escola ou creche até 48 horas após os sintomas terem parado.

Os sintomas são: urina escura, fezes pálidas ou cinzas, coceira na pele, olhos e pele amarelados (icterícia), dores musculares e nas articulações, temperatura alta, enjoo e náuseas, cansaço fora do normal, perda de apetite e dor de barriga.

Veja também