Médicos acham ‘pouco provável’ que adolescente esteja com a Varíola do Macaco em MS

O adolescente boliviano, internado na Santa Casa de Corumbá, até então suspeito de ter contraído a Varíola do Macaco, pode estar na verdade com a síndrome de Dress ou psoríase pustulosa.

A informação foi repassada por meio de nota pelo hospital.

Segundo trecho do comunicado, avaliando o histórico clínico do paciente, bem como as características das lesões, os médicos acreditam ser pouco provável a infecção pelo referido vírus (Varíola do Macaco).

Diante disso, o menor tem sido acompanhado por duas especialidades – infectologia e dermatologia – e o diagnóstico se encaminha para síndrome de Dress, que é uma reação adversa a medicamentos.

A outra hipótese é para a psoríase pustulosa, que é doença dermatológica caracterizada por múltiplas lesões de pele.

A nota ainda cita que, “o adolescente encontra-se clinicamente estável, isolado e monitorizado em ambiente de terapia intensiva e com conduta terapêutica adequada”, que completa: “reiteramos que todas as medidas estão sendo tomadas para elucidar o diagnóstico do paciente”.

Confira abaixo, a nota na íntegra

Veja também