Exportação de fécula de mandioca passa de 22 mil toneladas em MS

Nos primeiros cinco meses de 2022, os produtores rurais atendidos pelo programa AgroBR, parceria da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e da Apex Brasil com apoio da Famasul, já exportaram mais de 22 mil toneladas de fécula de mandioca, totalizando US$ 15,9 milhões.

“Através do suporte do AgroBR, tanto empresa de fécula de mandioca como a de semente de pastagem fecharam negócios e por isso, são dois setores que se destacam, pois, possuem uma boa participação na pauta exportadora do estado”, explica a consultora do AgroBR em Mato Grosso do Sul, Nathalia Alves.

AgroBR

O foco do programa é incluir novos produtos do agro (não commodities) na pauta exportadora brasileira e, por isso, alguns setores foram selecionados como prioritários para o trabalho, como é o caso de pescados, mel e derivados, frutas, cafés (especiais), lácteos, entre outros.

Outros produtos, apesar de não participarem com grandes porcentagens na exportação de Mato Grosso do Sul, têm aumentado sua presença na pauta do estado, como é o caso da melancia, da erva mate e da farinha de mandioca.

“O mesmo ocorre para café torrado, molhos e doces. É importante ressaltar que existe uma grande oportunidade para comercialização com os países que fazem fronteira com o nosso estado, Bolívia e Paraguai, que já possuem tradição em comprar produtos brasileiros, têm uma maior facilidade para entrada de produtos (se comparado com outros mercados como Estados Unidos e União Europeia), além da proximidade logística e cultural que facilita as negociações. Tanto é verdade que se observou que os destinos de exportação dos produtos anteriormente citados foram para o Paraguai e a Bolívia. Portugal também participou da pauta com alguns desses produtos, embora os valores ainda não sejam tão representativos”, destaca a consultora.

Para vender no mercado externo a empresa precisará providenciar suas habilitações para exportação e atentar às exigências do país alvo, pontos que podem ser orientados e acompanhados através da consultoria do AgroBR que é gratuita.

Exportações

Entre janeiro e abril de 2022, o agronegócio do Estado exportou US$ 2,4 bilhões. De acordo com o Ministério da Economia, o valor é 25,12% superior em comparação ao mesmo período do ano anterior.

No ranking dos principais produtos comercializados estão a soja em grãos, com 41,25% de participação na receita; a celulose, com 18,07%; seguida da carne bovina, responsável por 15,11% do total.

A China é o maior destino das mercadorias comercializadas por Mato Grosso do Sul, aproximadamente 50% de tudo que é exportado pelo agro é destinado ao país. Seguido pelos Estados Unidos, com 5,24% da receita; e os Países Baixos com 5,25%.

Veja também