O prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia, confirmou há pouco ao Ponta Porã News que a ambulância que saiu do município na noite de domingo com destino a Naviraí com o médico Fernando Barba, o motorista Júlio, o enfermeiro Joílson e a paciente Ivete Salgueiro, foi encontrada há pouco por um indígena na fazenda Marciel Cuê, próximo ao distrito do Bonfim em Laguna Carapã depois de quase 23 horas de buscas. A paciente seguia em vaga zero para ocupar um leito para COVID 19.

De acordo com o responsável pela propriedade rural, o motorista teria optado por um caminho alternativo devido a necessidade de chegar o mais rápido possível em Naviraí, mas devido a uma chuva muito forte eles ficaram atolados em uma vala em um local de difícil acesso e sem comunicação.

Há pouco a Polícia Militar Rodoviária também divulgou uma nota de que a o veículo e todos os ocupantes estão bem apesar do quadro de COVID 19 paciente. A prioridade agora segundo as autoridades é fazer o resgate de todos e encaminha-los para um hospital onde passarão por avaliação médica. “Essa estrada é uma rota alternativa entre Aral Moreira e Naviraí, mas que devidos as fortes chuvas da região na noite de ontem, ficou completamente intransitável”, diz um trecho da nota.

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) já encaminhou um guincho para o local para ajudar os tratores a desatolar a ambulância.

A prefeitura de Aral Moreira também divulgou uma nota confirmando a localização da ambulância e que o estado de saúde de todos era bem e mais informações seriam dadas nas próximas horas.