Abv 970

Investimentos na região de Fronteira buscam integrar MS com o mundo

No último dia 13 de dezembro aconteceu o lançamento da pedra fundamental da ponte entre Porto Murtinho (MS) e Carmelo Peralta (PY), principal obra da Rota Bioceânica. Participaram o governador Reinaldo Azambuja, o secretário de infraestrutura Eduardo Riedel, e o presidente do Paraguai Mario Abdo Benitez.

A ponte, que vai integrar o Centro Oeste brasileiro e interiorizar o desenvolvimento na região do Chaco paraguaio, também vai diminuir as distâncias dos produtos e aproximar os povos dos quatro países – Brasil, Paraguai, Argentina e Chile.

O secretário Eduardo Riedel acrescentou que a obra integrará de fato, Mato Grosso do Sul e o Brasil, com o oceano.

O Secretário destacou a pavimentação da Sul-fronteira. Riedel também falou dos demais investimentos no município de Ponta Porã.

Quando estiver pronta, a Rota Bioceânica vai encurtar a distância percorrida pelos produtos brasileiros rumo ao mercado asiático, integrar Brasil, Paraguai, Argentina e Chile e transformar Mato Grosso do Sul em um hub logístico, um centro de distribuição de mercadorias.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais