Pedra fundamental da ponte bioceânica será lançada nesta segunda-feira

O governador Reinaldo Azambuja participa nesta segunda-feira (13), do lançamento da pedra fundamental da obra de implantação da ponte internacional sobre o Rio Paraguai, entre Porto Murtinho e a cidade paraguaia de Carmelo Peralta. Trata-se da principal obra da Rota Bioceânica, que vai integrar por rodovia o comércio, a cultura e o turismo de quatro países: Brasil, Paraguai, Argentina e Chile.

“Para nós é uma alegria ver esse projeto se tornando realidade. Sonho antigo dos brasileiros e paraguaios, a construção dessa ponte vai definitivamente integrar nossos países, diminuindo distâncias para nossas exportações e importações com o mercado asiático. É, sem dúvidas, um grande projeto para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, sobretudo de Porto Murtinho”, ressalta Reinaldo Azambuja.

O ato será realizado às 11h30, com a presença dos presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e do Paraguai, Mario Abdo Benítez. Acompanham o governador na agenda os secretários Eduardo Riedel (Infraestrutura), Eduardo Rocha (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Antônio Carlos Videira (Justiça e Segurança Pública).

Com comprimento de 680 metros, duas pistas de rolagem (12,5 metros de largura, e duas passagens nas laterais, com 2,5 metros cada uma, para o trânsito de pedestres e ciclistas), a ponte bioceânica será construída no km 1.000 da Hidrovia do Paraguai, a cerca de quatro quilômetros do centro urbano de Porto Murtinho. A obra custará 89,5 milhões de dólares, com recursos da Itaipu Binacional.

A cerimônia será realizada em uma tenda instalada às margens do Rio Paraguai, em Carmelo Peralta e a meia hora de barco de Murtinho, de onde se avista a área escolhido para construção da ponte. O avião do presidente do Brasil descerá no aeroporto regional de Bonito, de onde Jair Bolsonaro se deslocará em helicóptero para o local do ato, que terá duração de uma hora.

Veja também