Foto: Divulgação/Prefeitura de Ponta Porã

Segundo a SES (Secretaria Estadual de Saúde), Ponta Porã está entre os municípios de Mato Grosso do Sul com alta incidência de casos de Dengue, já que são 5.971,3 por 100 mil habitantes.

Entre janeiro e os primeiros dias de novembro, forma registradas 5.525 notificações pela doença no município que faz fronteira com o Paraguai. No comparativo com o boletim anterior, não houve novos registros.

As demais cidades com alta incidência, conforme a SES, são Douradina, São Gabriel do Oeste, Anaurilândia e Ponta Porã.

Já em Mato Grosso do Sul, no prazo de uma semana (28 de outubro a quatro de novembro), a pasta notificou 125 pessoas, totalizando assim, 70.670 possíveis casos da doença.

Geraldo Resende, secretário estadual de Saúde pediu, recentemente, para que cada sul-mato-grossense olhem os quintais de sua casa, já que 80% dos criadouros do mosquito Aedes Aegypti são encontrados nos domicílios.

“Aproveitem o isolamento social, olhem suas residências, para ver se existe o criadouro do mosquito da dengue. Nós somos o segundo Estado no ranking nacional desta doença que tem ceifado muitas vidas”. Desde o início do ano, foram 42 mortes.