Foto: Divulgação/Prefeitura de Ponta Porã

A dengue segue avançando em Ponta Porã, segundo os dados apresentados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) que revelam 4.003 casos confirmados da doença, de janeiro até 11 de novembro.

Em sete dias, o município confirmou 23 pessoas com dengue. Até o dia 4 deste mês, a pasta contabilizava 3.980 pontaporanenses contaminados pelo Aedes Aegypti.

As notificações pela doença também tiveram um leve aumento, passando de 5.525 para 5.527.

Ontem, a Secretaria Estadual de Saúde lançou a campanha de combate á dengue, zika, chikungunya. O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, pediu para que a quarentena da Covid-19 seja usada também para a limpeza das casas, quintais e terrenos baldios.

“É preciso lembrar que a dengue tem feito vítimas em nosso Estado, por isso o lançamento desta campanha. Os cuidados devem continuar e a proposta do Dia D, assim como as demais ações, são muito importantes para a conscientização da comunidade. Não podemos baixar a guarda. Vamos aproveitar que muitas pessoas estão ficando em casa por conta da pandemia da Covid-19, para intensificar a guerra contra o mosquito”.