Hélio Peluffo durante a reunião com comerciantes do centro comercial da Linha Internacional; Foto: Divulgação/Assessoria

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo (PSDB), juntamente com Daniel Valdez Puka e o vereador Edevaldo Matoso (PSDB), recebeu em seu gabinete ontem (9), um grupo de comerciantes instalados no Centro Comercial “União de Dois Povos” na linha internacional Praça Lício Borralho.

Os comerciantes abordaram a atual situação do espaço físico, as principais necessidades e conheceram o projeto de revitalização da linha internacional com Pedro Juan Caballero.

Hélio abordou o projeto de revitalização da praça, com a criação do parque linear que deve transformar a linha internacional desde a entrada de Ponta Porã sentido BR-163 até as proximidades do Shopping China.

“Com recursos do Fonplata e futuras parcerias, o projeto estará transformando toda essa linha internacional, passando pela Praça Dois Povos, modernizando e revitalizando o formato dos box, com acesso pela ciclovia, praça para eventos culturais, uma estrutura voltada para impulsionar o comércio e o turismo reunindo as famílias”, disse Hélio.

A comerciante Dionisia Cepestes destacou o trabalho.

“Temos confiança que no próximo mandato haverá mais melhorias para cidade, em especial aos comerciantes da linha internacional. Temos procurado impulsionar nosso comércio e manter os nossos boxes e todo seu entorno, mas é preciso a colaboração de todos os responsáveis pelos boxes da praça do comércio”, disse Dionisia.

Dionisia lembrou que o espaço está bem localizado, na região central da fronteira, sendo um local onde muitos turistas passam e por este motivo precisa ser bem cuidada por todos os proprietários de Box.

“É um local onde muitos turistas passam, realizam as suas compras, assim é preciso estar sempre limpo para oferecer bom atendimento e aumentar as vendas, cada um cuidando e zelando pela praça de comércio contribui para manutenção do espaço”, salientou.

A construção do Centro Comercial da Fronteira “União de dois Povos” que nasceu como símbolo da integração social, econômico e cultural das duas comunidades irmãs, foi um projeto desenvolvido pela Prefeitura de Ponta Porã em parceria com Pedro Juan Caballero, recursos da União Europeia, localizado na Praça Lício Borralho inaugurado em 2012, com coordenação do então secretário municipal de Obras Hélio Peluffo.