Foto: Arquivo

Na manhã desta quarta-feira (23), funcionários da empresa terceirizada Intensicare, que presta serviços ao Hospital da Vida, em Dourados, fizeram um protesto devido ao atraso no pagamento do 13º salário. Até o momento, nenhuma parcela foi quitada.

Médicos, técnicos de enfermagem, enfermeiros, entre outros ameaçam ‘cruzar os braços’, caso a situação não seja resolvida. Se isso acontecer, a saúde ficará ainda mais prejudicada.

Além disso, os funcionários também relatam que há falta de rouparia, insumos e até marmitas, visto que os fornecedores não estão mais abastecendo o Hospital da Vida, que atende a Grande Dourados, composta por 33 municípios.

A direção da empresa informou que há 120 colaboradores sem os pagamentos de novembro e não há previsão de quitação do 13º salário. A equipe médica não recebe desde outubro.