Nesta semana, quando se comemora o Dia Nacional do Doador de Sangue, 25 de novembro, 17 hemocentros em todo o País se unem em torno da campanha “Somos Todos do Mesmo Sangue”.

A ação, que começa nesta segunda-feira (23), destaca a importância da doação de sangue especialmente neste período de pandemia em que houve queda de até 50% no número de doações em algumas regiões do Brasil. Em Mato Grosso do Sul essa queda foi de 40%.

Por todo o país, alguns monumentos receberão iluminação na cor vermelha, e aqui no Mato Grosso do Sul os Tuiuiús do Aeroporto Internacional de Campo Grande, o Monumento das Araras, e a Torre da TV Morena foram os escolhidos.

Por conta da pandemia, as atividades serão concentradas nas redes sociais com vídeos de artistas locais que também apoiam a causa e uma recepção especial para os doadores de sangue e medula que comparecerem entre segunda (23) e sábado (28) em todas as unidades de coleta do Estado.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o percentual ideal de doadores para um país esteja entre 3,5% e 5% de sua população. No Brasil, esse número é de 1,9%. Em Mato Grosso do Sul o percentual de doadores é de 2,2%, e na Capital esse índice é de 3%.