Ponta Porã supera média nacional em área plantada de soja

Já não é novidade que o Mato Grosso do Sul é um dos principais produtores de soja do Brasil. Ainda assim, os números apresentados na live realizada entre o secretário Jaime Verruck, Secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e André Dobashi, presidente da Aprosoja/MS, na última terça-feira (27), do “Balanço Final da Safra 2020/21” superaram as expectativas dos produtores de MS.

Conforme apresentado no balanço, o volume da safra 2020/2021 representa um recorde histórico para o setor. Em comparação com a safra 2019/2020, o estado obteve um aumento de 17,8%, passando de 11,325 milhões de toneladas colhidas na safra 2019/2020, para aproximadamente 13,340 milhões de toneladas na safra 2020/2021.

Nesta direção, outro índice importante que também surpreendeu foi o de produtividade, que alcançou 62,8 sacas/hectares na safra 2020/2021, um aumento aproximado de 13 % em relação à safra de 2019/2020.

Já em relação à área plantada, o destaque ficou por conta do município de Ponta Porã, que expandiu sua área produtiva acima da média estadual, sendo a cidade que mais obteve aumento em relação a este índice. Conforme apresentado o estado de MS expandiu em 4% a área utilizada para o cultivo da soja em relação ao último levantamento apresentado para a safra 2019/2020.

Ponta Porã por sua vez, obteve um aumento de 5,61%, passando de 267.307,94 mil hectares utilizadas para o plantio de soja em 2019/2020, para mais de 287 mil hectares em 2020/2021. Diante deste cenário, estudos técnicos realizados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Regional, Indústria, Comércio e Turismo de Ponta Porã (SDICT) apontam que o município ainda possui áreas para expandir sua produção, diferentemente de outros municípios de MS que já estão no limite da capacidade expansiva de suas áreas produtivas.

Diante disso, as projeções para as próximas safras são muito otimistas, para que Ponta Porã alcance primeira colocação no estado de MS, também em produtividade, já que possui uma vantagem comparativa em relação a outras cidades de MS, sobretudo em razão de sua dimensão territorial. Quando se trata de produção de soja, Ponta Porã atualmente ocupa a terceira posição entre os municípios do estado, porém com a crescente utilização das tecnologias de agricultura de precisão, associada com a capacidade expansiva em termos de área cultiva que o município ainda possui, em breve Ponta Porã deve liderar o ranking de produtividade estadual da soja.   

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais