Fomento às cooperativas e recursos do FCO viabilizam novas granjas de leitões

A política de fomento ao cooperativismo e atração de novos investimentos em suinocultura em Mato Grosso do Sul, implementada pelo Governo do Estado por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) está resultando na instalação de mais três granjas para terminação de suínos nos municípios de Jaraguari (2) e Terenos (1).

Os investimentos, no valor total de R$ 6.264.855,00, foram liberados pelo BRDE por meio do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste). Eles foram aprovados na reunião de 30 de novembro do CEIF-FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO) e fazem parte dos projetos de integração de suinocultura em Mato Grosso do Sul, implementados pela Copérdia (Cooperativa de Produção e Consumo Concórdia).

Com mais essas granjas, a cooperativa catarinense já anunciou a instalação de 11 unidades de terminação de suínos financiadas pelo FCO no Estado, sendo 9 delas em Jaraguari, 1 em Corguinho e 1 em Terenos, todas em sistema de produção integrada com a unidade da indústria Aurora, de São Gabriel do Oeste.

“Todos esses investimentos atendem à política de desenvolvimento da suinocultura implementada pela Semagro no Estado. É importante lembrar que esse é mais um projeto que decorre do Procoop, que é o nosso Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo de Mato Grosso do Sul. Ele segue a lógica que nós acertamos com a Aurora, de promover o encadeamento produtivo para outros municípios, com mais sistemas integrados para viabilizar a ampliação da indústria”, finalizou o secretário Jaime Verruck, da que preside o CEIF-FCO.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais