Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Prefeitura de Ponta Porã estende vencimento do IPTU

A prefeitura de Ponta Porã está estendendo o prazo para quitação do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) 2020. A medida foi anunciada visando garantir condições para todos os contribuintes quitaram o imposto dentro da complexidade sanitária imposta pelo coronavírus. A medida atende solicitação de contribuintes devido ao grande fluxo de pessoas junto às agências bancárias e correspondentes afins.

O pagamento do IPTU previsto para 11 de maio está estendido para 11 de junho, mas,no entanto quem quiser optar em efetuar a quitação dentro deste mês, poderá fazê-lo normalmente, conforme explicou o secretário Fabrício Cervieri. Para pagamento a vista, o desconto de 25% continua prevalecendo.Na modalidade a prazo, a 1ª parcela a vencer dia 13 deste mês poderá ser dividido em até duas vezes, com vencimento em outubro e novembro. A sequencia das parcelas vigentes segue normal, ou seja, a segunda parcela vencerá no mês de dezembro.

Já em relação ao ISS (Imposto sobre Serviços), a prefeitura de Ponta Porã tomou medidas também para ajudar o contribuinte a se organizar financeiramente. O secretário de Finanças Fabrício Cervieri explicou ainda que o bloqueio de nota fiscal por inadimplência está suspenso até junho, assim como exigência de certidões negativas suspenso pelo mesmo período. O secretário de Finanças Fabrício Cervieri disse que o prefeito Hélio Peluffo tem sido muito sensível no tocante gestionar ações visando amenizar a situação econômica de todos os setores.

A presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Fabrícia Dias enfatizou a importância da decisão tomada pelo prefeito Hélio Peluffo visando amenizar a situação financeira dos contribuintes, neste caso de todo o comércio. “Diante de toda essa situação imposta pela pandemia na economia de um modo geral, a decisão anunciada pela prefeitura é de extrema importância para todos nós do comércio”, destacou a dirigente classista.Ela lembrou que os comerciantes estão tendo dificuldades para irem até as agências bancárias devido ao grande fluxo de pessoas nos bancos.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais