O Aquidauanense joga pelo empate no campo da Noroeste.(Foto: Franz Mendes)

Dia de, enfim, conhecer o melhor time do Campeonato Sul-Mato-Grossense de 2020. Aquidauanense e Águia Negra se enfrentam pelo título no Estádio Noroeste, às 20h30, com transmissão pela TV Morena para todo o Estado. A partida de ida, em Rio Brilhante, terminou 0 a 0 e, por ter melhor campanha, o Azulão depende de um empate para ser campeão pela primeira vez depois de dois vices. Já o Águia, se vencer, levanta a taça pela quarta vez, assumindo isoladamente a posição de maior campeão do Interior, deixando o inativo Ubiratan para trás.

A arbitragem da decisão terá comando de Paulo Henrique Vollkopf, auxiliado por Leandro dos Santos Ruberdo e Cícero Alessandro de Souza, todos do quadro de árbitros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Times

O Aquidauanense, finalista em 2011 e 2019 contra o próprio Águia Negra, chega ao jogo final em vantagem pela primeira vez, dependendo do empate para conquistar o campeonato inédito, ou seja, dá o pontapé inicial com a taça na mão. Para o jogo, Mauro Marino deve manter o mesmo time que começou em Rio Brilhante, mas não é descartada uma mudança. O lateral Mohamed entrou muito bem no primeiro jogo e pode ser mantida na ala direita.

Azulão deve começar com Jota no gol; Clayton Sales (Mohamed), Jaime, Mauro e Jô; Luiz Felipe, Lika, Agnaldo e Luan; Keverson e Léo Mineiro.

Tricampeão, o Águia Negra chega para sua quarta decisão encarando uma situação inédita: precisa obrigatoriamente vencer para levantar a taça. Em 2019, quando os dois times se enfrentaram pelo título, o time de Rio Brilhante venceu por 2 a 1 a ida em Aquidauana, local da partida. Rodrigo Cascca tem a mesma situação do adversário e não deve fazer mudanças no time que jogou domingo. A dúvida está também em um jogador que saiu do banco e fez bom jogo. O meia-atacante Felipe pode aparecer entre os titulares se o técnico optar por uma formação mais ofensiva desde o começo. Outra possibilidade é Rafael Franco, recuperado, retomar a lateral esquerda.

Águia deve iniciar a decisão com Tafine no gol; Virgulino, Rafael Cardoso, Jonatan e Fabiano (Rafael Franco); Jorginho, Pedro (Felipe), Mário Lúcio e Fernandinho; Preto e Guilherme.