Cerimônia marca a abertura dos Jogos Escolares da Juventude de MS 2022

A emoção tomou conta do Ginásio Poliesportivo Dom Bosco, em Campo Grande, que encheu com jovens e autoridades de todo o estado na noite de terça-feira (17). Todos prestigiaram a cerimônia de abertura dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul 2022, que tiveram início após o tradicional acendimento da pira olímpica e juramento dos estudantes-atletas. A competição é uma realização do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

O maior evento esportivo estudantil sul-mato-grossense retorna em sua totalidade após três anos. Isso porque em 2020 a competição não foi realizada, em razão do período crítico da pandemia do novo coronavírus. No ano passado, o formato foi reduzido, com adoção de protocolos rígidos de biossegurança.

“Os Jogos são a maior manifestação esportiva escolar do nosso estado e é uma das marcas de excelência da Fundesporte”, afirma o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho. “Estamos muito felizes e emocionados em voltar a ver esses ginásios cheios, e sentir essa energia que os Jogos Escolares têm, com atletas de todos os cantos do nosso estado reunidos”, completa.

Com a participação de 58 municípios, a primeira etapa da competição tem disputas coletivas de basquetebol e futsal, entre mais de mil estudantes-atletas. Ao todo, 1,5 mil pessoas estão envolvidas, número recorde até hoje. “É a primeira vez que participamos. É bem bacana, porque nunca tivemos basquete em nosso município, mas felizmente conseguimos trazer os atletas para viver essa experiência”, relata o professor Carlos Batista, técnico de basquetebol da seleção de Novo Horizonte do Sul.

“A emoção é bastante intensa, principalmente para os estudantes, ainda mais porque estamos saindo de um período de pandemia. Então, ver toda essa multidão reunida para competir dá um sentimento diferente”, conclui Batista.

Entre os pontos altos da noite figurou o acendimento da pira olímpica, pelo estudante-atleta Augusto Ricardo Cavali, de Dourados. “Foi muito emocionante, porque não são todos que têm essa oportunidade”, declara o atleta de basquetebol, que já participou de edições anteriores dos Jogos Escolares, mas estreia nesta faixa etária. “Estou muito animado, porque mudei de categoria, então minha expectativa está bem alta. E também é legal rever todo o pessoal que já jogou comigo e contra mim, vamos competir juntos de novo”, finaliza.

Quem também ficou bastante animada com a cerimônia foi Elizangela Ribeiro, mãe de Augusto. “Estou muito feliz com tudo o que está acontecendo com meu filho, e pelo reconhecimento incrível que ele teve ao acender a pira olímpica. Mal pude me conter de alegria”, relata Elizangela. “Quando o convite chegou, um filme sobre a trajetória do meu filho passou na minha cabeça. Todo esse reconhecimento vem através de seu esforço e desempenho, que é incentivado pelo Governo do Estado”, continua. Augusto é um dos beneficiários do Bolsa Atleta, programa desenvolvido através da Fundesporte para auxiliar financeiramente os atletas que se destacam. “Com a bolsa, ele consegue pagar por um treinamento especializado, além de comprar todo o material necessário. Isso faz com que ele fique cada vez melhor “, conclui Elizangela.

Os Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul 2022 são uma realização do Governo do Estado, por meio de sua Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).

Veja também