Acusado de matar a ex-mulher com tiro no peito é transferido para a penitenciária

No início da tarde desta terça-feira (21), a Justiça determinou a transferência de Roberto Morais de Oliveira, de 45 anos, para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Ele é acusado de ter matado a ex-mulher Lucilene Nobel da Silva, de 38, na madrugada da última quinta-feira (16), no distrito de Macaúba.

Como informado anteriormente, ‘Beto’, como também é conhecido, se apresentou à polícia na tarde de ontem (20), alegando que o tiro no peito da vítima foi acidental, já que ela teria tentado tirar a arma da sua mão.

Enquanto prestava depoimento, por volta das 19h30, a Justiça decretou a prisão preventiva do indivíduo que, desde então, estava em uma das celas da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

No dia do crime, o filho do casal, de quatro anos e o namorado de Lucilene estavam na residência.

A reportagem apurou que as investigações continuam e testemunhas passarão por oitivas. Quanto à versão apresentada por Roberto, a mesma será confrontada com os trabalhos da perícia.

Além disso, a arma de fogo utilizada no assassinato, ainda não localizada, pode ajudar a compor inquérito policial.

Veja também