Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Após prisão de “Samura”, empresária que agenciou Ronaldinho é a mais procurada na fronteira

Após Jorge Teófilo Samúdio González, de 48 anos, conhecido como ‘Samura’, e um dos líderes do CV (Comando Vermelho) ser preso, Dalia Angélica López Troche, de 50, ligada ao jogador Ronaldinho Gaúcho passou a ser considerada fugitiva e a mais procurada pelas autoridades do Paraguai.

Segundo o Midiamax, Dalia tem mandados de prisão internacional decretados desde março de 2020. Ela é processada pela Justiça do país vizinho, por mediação na produção e uso de documentos públicos de falso conteúdo e associação criminosa.

A empresária patrocinou a vinda do craque brasileiro ao Paraguai supostamente apenas para realizar atividades beneficentes para a Angelic Fraternity Foundation e lançar seu livro, além de abrir um cassino.

Ronaldinho Gaúcho e o irmão Roberto de Assis ficaram presos no Paraguai por cinco meses e 20 dias, em um presídio de segurança máxima, na cidade de Assunção.

Depois, a dupla ganhou o direito de regime domiciliar e foi para um hotel quatro estrelas na capital paraguaia. Eles foram soltos no dia 21 de agosto do ano passado, após acordo na Justiça e pagamento de mais de R$ 1 milhão.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais