“Braço financeiro” de organização criminosa é alvo de operação

Um trabalho em conjunto entre a Polícia Federal brasileira e a Diretoria de Investigações Financeiras da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD), realizou na manhã desta sexta-feira (27) em Pedro Juan Caballero uma série de buscas e apreensões visando desarticular os braços financeiros de organizações criminosas envolvidas com o tráfico internacional de entorpecentes.

Um conhecido escritório de contabilidade da Capital do Departamento de Amambay foi um dos alvos dos agentes. A residência de um profissional de contabilidade também foi vistoriada e nos locais de buscas foram apreendidos notas, documentos, computadores e aparelhos celulares.

O trabalho de investigação faz parte do inquérito aberto para apurar uma organização criminosa envolvendo uma família acusada de envio de entorpecente para países da América do Sul e Europa.

A SENAD e a Polícia Federal não informaram os nomes dos investigados e nem se houve prisão durante a operação desta manhã.

Operação na fronteira mira dinheiro do narcotráfico,(Foto: Divulgação)
Veja também