Briga durante comício deixa um morto em Paranhos

Wislher Freitas Tavares de 26 anos foi morto com tiros de pistola na noite desta quinta-feira (30) durante um comício para as eleições suplementares que acontecerão neste domingo (3) na cidade de Paranhos.

O crime aconteceu no cruzamento das avenidas Marechal Dutra com esquina com Ayrton Senna em frente à praça central da cidade e o rapaz morreu antes receber socorro.

De acordo com informações, Tavares teria se desentendido com um homem identificado apenas como Deda e no meio da discussão, Deda sacou uma pistola 9 milímetros e efetuou pelo menos seis tiros contra a vítima que morreu no meio da rua. Havia bastante pessoas nas proximidades, mas não houve feridos.

Depois do crime Deda fugiu do local levando a arma do crime. Policiais acreditam que ele tenha fugido para o lado Paraguaio da fronteira, já que Paranhos faz fronteira com Ypehú no Departamento de Canindeyú.

De acordo com o delegado Edgar Punsky da Polícia Civil de Paranhos, o corpo de Wislher Freitas Tavares será levado para o Instituto Médico Legal de Ponta Porã. Ele disse que buscas estão sendo feitas para tentar localizar o suspeito do crime.

Veja também