Casal era responsável por enviar até 4 carros por semana com drogas para outros estados 

Durante a operação Família do Crime, deflagrada nesta segunda-feira (7), em Ponta Porã, pela Polícia Civil de Nova Andradina, um casal foi preso acusado de enviar até quatro veículos, por semana, carregados com drogas para outros estados da Federação.

Segundo o Jornal da Nova, os presos são Dilaine da Silva Brun e Giovani Gonçalves. Ambos foram detidos em casa, local base para as atividades ilícitas. Na segunda fase da operação, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, sendo seis neste município e um em Amambai.

Os dois mandados de prisão preventiva foram contra Dilaine e Giovane, que eram os “patrões” do tráfico. Além do entorpecente, também enviaram armas de fogo de grosso calibre.

A Polícia Civil também apreendeu em poder da quadrilha, quatro veículos de luxo avaliados em R$ 1 milhão. Investigações são da SIG (Seção de Investigações Gerais) em desdobramento da apreensão de fuzis e 1,4 tonelada de drogas ocorrida dia 4 de dezembro de 2021, em Nova Andradina.

Para a operação foram empenhados 33 policiais civis, sendo 12 da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) de 21 das Delegacias Regionais de Nova Andradina e Bataguassu. Ao menos cinco delegados também participaram da operação. A Polícia Civil de Amambai também participou cumprindo um mandado de busca e apreensão.

A operação foi coordenada pelo delegado Regional Ajunto da Delegacia de Nova Andradina, Valter Guelssi. Os mandados foram expedidos pela Justiça de Nova Andradina, com anuência do MPE (Ministério Público Estadual).

Veja também