O carregamento estava sendo levado para o porto de Santos. (Foto: Adilson Domingos)

As investigações da Delegacia de Dourados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) dão conta de que carga de cocaína apreendida na manhã desta quinta-feira na rodovia MS 166, em Antônio João, seria levada para a Europa. A droga estava sendo transportada em uma carreta Scânia com placas do Mercosul.

O motorista e dono da carreta Volnei Aparecido Martins, de 53 anos, morador em Dourados, disse que carregou soja em Ponta Porã e que depois levou a carreta para Antonio João onde a droga foi acondicionada em um compartimento preparado. A soja seria levada pra Rolândia no Paraná e depois ele embarcaria outra carga de grãos e seguiria para o porto de Santos, onde a cocaína seguira para a Europa.

Ele foi interceptado na manhã desta quinta-feira (14) e depois de uma rápida vistoria os policiais encontraram o compartimento onde a droga estava escondida. A cocaína está sendo descarregada no Posto de Fiscalização do Capey na BR 463, entre Ponta Porã e Dourados e a expectativa é que chegue a cerca de 500 quilos da droga.