Corpos de vítimas do “tribunal do crime” são encontrados

Após decorridos três dias de buscas, equipes da Força Tática do 2º Batalhão de Polícia Militar de Três Lagoas conseguiram encontrar os corpos das duas vítimas que foram sequestradas por integrantes de facção criminosa que se intitulam juízes do Tribunal do Crime.

Desde a manhã do último de 6, quarta-feira a Polícia Militar tomou conhecimento de que duas pessoas estavam em poder dos integrantes da facção criminosa, após uma das vítimas conseguir escapar do cativeiro, buscando socorro no UPA localizada na região da Vila São João.

No local a Polícia Militar foi acionada e vítima relatou a ocorrência aos policiais, que a acompanharam até o cativeiro. No imóvel não havia mais nenhuma vítima, apenas manchas de sangue nas paredes e em alguma pedras, provavelmente utilizadas para golpear às vítimas.

No decorrer da semana, após diligências dos agentes da Polícia Civil conseguiram prender dois integrantes da facção, porém não informaram o local onde teria deixado as vítimas.

Na quinta-feira, 7, outro elemento integrante da facção foi preso na Vila Haro, mas após ser interrogado não revelou o paradeiro das vítimas.

Na manhã deste sábado, 9 de outubro os corpos das vítimas foram encontrados queimados em um local de plantação de eucaliptos, na saída para Brasilândia, atrás do Posto Real, como mostra a localização abaixo.

Nesse momento policiais da Força Tática estão no local preservando a área, aguardando a chegada da Perícia Técnica.

Veja também