Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero
ALMS

Defron prende líder de facção criminosa conhecido como ‘Tubarão’ em Ponta Porã

Ontem (31), a Polícia Civil por meio da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), com apoio do SIG (Setor de Investigações Gerais) da 1ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã, prendeu o líder de uma facção criminosa conhecido como ‘Tubarão’.

Segundo o boletim de ocorrência, foram apreendidos arma de fogo e drogas. A Defron recebeu denúncias de disparos realizados no bairro Residencial Ponta Porã I, ao verificar o endereço, foi constatado que o imóvel já era alvo de investigação por abrigar foragidos, que seriam membros de facção.

Os policiais verificaram também que ‘Tubarão’ é de São Paulo e estava em preso em regime domiciliar.

A casa foi vistoriada e os agentes encontraram outras duas pessoas, todas com passagens por tráfico de drogas. Também foi apreendido um tablete de maconha e mais de 30 porções de cocaína sobre a geladeira, além de uma pistola, municiada, alocada ao lado da cama pertencente ao morador.

Além disso, foram apreendidas duas balanças de precisão e plástico utilizado para embalar drogas. Chamou a atenção a apreensão de um caderno com anotações sobre a hierarquia e diretrizes de uma facção e também referente à distribuição, em larga escala, de drogas.

No imóvel, havia também várias camisetas de uma faculdade de medicina, ao que tudo indica, utilizadas pelos autuados quando trafegavam nas ruas para, assim, evitar uma abordagem policial.

O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia, ao ser colocado em uma cela passou a agredir violentamente um preso, sob a alegação de que ele não “fecharia” com a facção. Dado à gravidade das lesões, o agredido precisou de atendimento médico, sendo, em seguida, levado para o IML para ser submetido a exame de corpo de delito.

Durante o interrogatório, o homem teve acesso ao celular para que entrasse em contato com a advogada, neste momento, ele ainda tentou resetar o aparelho, visando apagar provas.

Ele foi autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de arma de fogo, além da lesão corporal contra o detento agredido.

Um outro indivíduo que estava na casa foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo. Foi representado pela decretação da Prisão Preventiva desses presos.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais