Detento de 37 anos é encontrado morto em cela da Máxima na Capital

Ontem (28), o detento Reginaldo Paz Diniz, de 37 anos, foi encontrado morto em uma cela do presídio de segurança Máxima de Campo Grande. A causa da morte ainda é apurada. 

Segundo o Midiamax, a Polícia Civil e a Perícia Técnica estiveram no local e conforme o delegado Wilton Vilas Boas, titular da 3ª Delegacia, investigações preliminares não apontaram indícios de crime, como sinais de violência.

No entanto, o caso é tratado como morte a esclarecer e é aguardado laudo necroscópico, que deve apontar a causa da morte.

Veja também