Momento em que o homem era socorrido; Foto: Divulgação

Um homem de 58 anos foi agredido aproximadamente 15 vezes ontem (26), depois de ter brigado e quase entrado em vias de fatos com a namorada, na Rua H, no bairro Carandá, em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai.

De acordo com o boletim de ocorrência, o fato aconteceu por volta das 17h30, sendo que a namorada do homem relatou aos policiais que ele chegou em sua casa embriagado, começou a importuná-la, arremessou vasos de plantas ao chão, e então a vizinha, uma mulher de 47 anos, acabou se envolvendo.

Os dois teriam começado a discutir, e então a autora pegou um galho de árvore e desferiu golpe contra a cabeça do indivíduo, que caiu no chão. Em seguida, ela continuou o agredindo a pauladas na região da cabeça.

A polícia foi acionada, assim como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou o homem ao Hospital Regional, em Ponta Porã. Já a mulher, levada para a 1ª Delegacia de Polícia.

Ainda segundo a ocorrência, na delegacia, a autora se alterou e se recusou a descer da viatura, momento em que teria dado um tapa no rosto de um dos agentes.

Em relação ao homem agredido, como ele é paraguaio, acabou sendo transferido ao hospital de Pedro Juan Caballero.