Homem é preso enquanto carneava capivara em MS

Policiais militares ambientais de Aparecida do Taboado foram acionados ontem (1), para capturar capivara que havia entrado no quintal de uma residência localizada no bairro Villas Boas. Ao chegar no local, o homem avisou equipe sobre a saída do animal.

No momento em que se preparavam para retornarem ao quartel da PMA, os policiais ouviram um disparo de arma de fogo em uma área próxima.

Dirigindo-se ao local do barulho, a equipe avistou uma capivara abatida em uma árvore e um homem retirando o couro do animal, para obtenção da carne.

A equipe realizou buscas e encontrou uma arma de fogo do tipo rifle calibre 22, carregado com duas munições intactas e uma faca, nas imediações da residência de onde ouviram o som. O homem assumiu ter abatido o animal com a arma e a PMA acredita que o disparo ouvido seria o infrator tentando matar mais capivaras.

O animal já abatido, a arma e munições que não possuem documento, além da faca utilizados no crime foram apreendidos.

O infrator de 54 anos, proprietário e residente no imóvel, recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Aparecida do Taboado, onde acabou autuado em flagrante e saiu depois de pagar fiança de R$ 1.280,00.

Ele responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, com pena de dois a quatro anos de reclusão. Pelo crime ambiental de matar animal da fauna silvestre, o infrator poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Ele ainda foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 500,00.

Veja também