Homem encontrado na fronteira sangrou até a morte

Pablo Darío Cantero Portillo de 31 anos, encontrado morto na manhã desta quinta-feira (6), foi torturado e provavelmente teve os braços arrancados quando ainda estava vivo e sangrou até morrer. Este foi o primeiro parecer dado pelos peritos e médicos legistas que estiveram no local onde o corpo dele foi jogado.

Populares encontraram o rapaz morto nas proximidades da rodovia PY 05 em Cerro Corá e os braços estavam amarrados nas pernas dele com uma corda.

Pablo que era procurado pela justiça do Paraguai, por homicídio, também teve uma das orelhas cortadas e teria morrido de hemorragia devido a amputação dos dois braços. O caso está sendo investigado pela Polícia Nacional do Paraguai.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais