Jovem é assassinado com facada nas costas ao defender a namorada em aldeia

O indígena Genieliston Rosa Gonçalves, de 19 anos, foi assassinado por volta das 3h deste domingo (3), na aldeia Bororó, em Dourados, depois te tentar defender a namorada, de 17 anos, de outros dois adolescentes, de 16 e 17.

O rapaz estava com a namorada consumindo bebida alcóolica, quando na altura da casa 73, ambos se encontraram com os menores, um deles pegou uma faca e ‘avançou’ contra a adolescente que ficou ferida no rosto.

Para defender a namorada, Genieliston entrou no meio e acabou ferido com um golpe de faca nas costas e morreu no local.

Os dois adolescentes agressores fugiram e a vítima foi socorrida por uma equipe da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e encaminhada ao Hospital da Vida.

Vingança

As investigações iniciais da Polícia Civil junto às lideranças indígenas, chegaram até o adolescente de 17 anos e o detiveram.

Conforme o apurado, o motivo do crime pode ter sido vingança, já que o jovem é acusado de ter estuprado a adolescente, que o denunciou.

O menor foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), autuado em flagrante por homicídio simples e deverá ser transferido para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

Veja também