Mais 3 suspeitos do assassinato do prefeito de Pedro Juan são identificados

A Polícia Nacional do Paraguai identificou mais três suspeitos do assassinato da morte de José Carlos Acevedo, prefeito de Pedro Juan Caballero. O crime aconteceu no dia 17 de maio e o político faleceu cinco dias depois num hospital da cidade.

Segundo informações policiais, os suspeitos são Rodney Ariel Rivarola, de 29 anos, e os irmãos Riky Javier Báez González, de 25, e Alan Andrés Báez Gonzáles, de 23. Um quarto envolvido, Ronny Ayala Benítez, de 35, já está preso.

Todos residem no município paraguaio que faz fronteira com Ponta Porã, porém, não foram presos ainda porque não foram localizados.

As investigações apontam, até o momento, que os pistoleiros seriam liderados por Ronny e agiam sempre de acordo com suas ordens.

Como noticiado pela reportagem do Ponta Porã News, este último foi preso no dia 4 de julho, junto com seu primo Alejandro Ariel Ayala Otazú, de 28 anos, em Encarnación, e na segunda-feira (11), foram transferidos para o presídio de Cambyretá.

Veja também