Acampamento foi descoberto pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai, a cerca de 45 quilômetros da fronteira com Mato Grosso do Sul com 8,6 toneladas de maconha.

Do total, segundo o Campo Grande News, 5,5 toneladas de maconha ainda não finalizada e 3,1 tonelada da droga já prensada.

A estrutura estava montada no distrito de Yvy Pytã, em região conhecida como Karupera. O Ministério Público paraguaio ordenou a incineração tanto da maconha quando de toda a estrutura.

Foi calculado que o prejuízo para os traficantes é de R$ 1,4 milhão, a partir do valor da maconha estipulado em território paraguaio, conforme o Campo Grande News.