Operação ‘Pane Seca’ mira o comércio ilegal de arma e munições em 3 cidades

O MPE (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) deflagra hoje (8), a operação ‘Pane Seca’ que tem como alvo, uma possíl organização criminosa que atua no comércio ilegal de arma de fogo e munições em Dourados, Douradina e Tacuru.

De acordo com as informações preliminares, são cumpridos quatro mandados de prisões temporárias, envolvendo um policial militar da reserva remunerada do Estado, e pelo menos dez locais foram alvos de busca e apreensão.

Além das prisões, até o momento, foram apreendidas uma espingarda calibre 22; um revólver calibre 38; um revólver calibre 357; uma espingarda artesanal; um tablete de maconha; 60 munições calibres 22; sete [munições] calibre 38; 16 munições calibres 357; 27 munições calibres 32; duas munições calibres 12 e a quantia de R$ 60.294 mil em dinheiro.

Os mandados foram expedidos pelo Juiz Luiz Alberto de Moura Filho, titular da 1ª Vara Criminal de Dourados.

‘Pane Seca’

‘Pane Seca’ é um tipo de pane frequente em armamentos. A operação ganhou esse nome por analogia a seu objetivo, que é emperrar o sistema criminoso de comércio ilegal de arma de fogo e munições, que havia se estabilizado na região.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais