PF e SENAD prendem em Ponta Porã membro de organização criminosa

Rodrigo da Silva Porto por preso na noite de ontem (26) quando deixava um restaurante em Ponta Porã. Acusado de fazer parte de uma organização criminosa, ele estava sendo procurado na fronteira pela Polícia Federal e pela Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai.

Foragido das autoridades brasileiras ele circulava pela região entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero usando uma identidade falsa com o nome de Rodrigo Souza Porto. Descoberto pelos serviços de inteligência da PF e da Diretoria de Inteligência Estratégica da SENAD, ele passou a ser monitorado e acabou preso.

Ontem a noite os agentes da SENAD estiveram em dois prédios de apartamentos em Pedro Juan onde o brasileiro morava e apreenderam recibos de depósitos bancários de casas de câmbios, chips de telefones celulares, contratos de locações de imóveis e outras evidencias que serão analisadas pelos investigadores.

Ainda nesta sexta-feira (27) a Polícia Federal e a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai devem dar mais informações sobre a prisão de Rodrigo.

Policiais paraguaios invadem o apartamento onde Rodrigo morava em Pedro Juan Caballero.(Foto: Divulgação)
Veja também