Piracema terminou, mas a fiscalização nos rios será ainda maior

A Polícia Militar Ambiental divulgou o balança da Operação Piracema, que terminou no último dia 28 de fevereiro. E para o tenente coronel Ednilson Queiroz, responsável pela comunicação, essa foi a operação mais protetiva dos últimos anos.

Queiroz reforçou que mesmo com o fim do período de defeso, a fiscalização continua.

Ele ainda reforça a importância de ter a cartilha do pescador entre os petrechos de pesca.

Desde 2020, só é permitido ao pescador levar um exemplar de peixes de espécie nativa, além de cinco exemplares de piranhas, dentro das medidas mínima e máxima. Se a espécie pescada estiver fora dos tamanhos permitidos, deve ser solta imediatamente no local. Já a pesca do dourado segue proibida até 2024.

Veja também