Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

PM apreende arma de fogo após tentativa de homicídio em Ponta Porã

Na noite do último sábado (25), uma equipe da Polícia Militar da Força Tática de Ponta Porã realizava patrulhamento ostensivo preventivo na região da Vila Aurea, quando um cidadão abordou a viatura policial informando que o seu filho de 19 anos, teria sido vítima de uma tentativa de homicídio, e que os supostos autores seriam, duas mulheres e um homem; os mesmos estariam a bordo de um veículo VW Saveiro de cor branca.

Segundo a vítima, ele estava juntamente com mais dois amigos indo até uma barbearia localizada nas proximidades, quando um veículo saveiro parou ao seu lado e a vítima reconheceu os ocupantes do veículo e viu que uma das mulheres estava com uma arma de fogo em suas mãos. A vítima saiu correndo e conseguiu se esconder em sua residência, momento em que a autora seguiu até o local com a arma em punho para a execução do mesmo, segundo a denúncia.Segundo a vítima, ele vem sofrendo ameaças nas redes sociais e pessoalmente por parte de familiares de uma vítima que resultou no óbito após um acidente de transito.

Após as informações, os policias militares realizaram rondas nas proximidades, visto que havia um grande movimento de pessoas no referido endereço. A equipe policial visualizou uma mulher com as mesmas caraterísticas repassadas na denúncia, e a suspeita, ao ver a viatura policial saiu correndo em direção a um local de comercio alimentício, localizado uma quadra acima do local dos fatos.

A suspeita, uma mulher de 44 anos foi encontrada escondida no banheiro do local comercial, no seu poder foi encontrado um revólver, calibre 38, com a numeração raspada. A mulher disse aos policiais que estava com a arma de fogo, porque, ela perdeu seu filho em julho de 2019, vítima de um acidente de trânsito, que a morte do seu filho teria sido causado pelo jovem de 19 anos.

O veículo VW Saveiro, com placas de Coronel Sapucaia foi localizado nas proximidades, no seu interior encontrava-se um homem de 42 anos (esposo da mulher detida com a arma de fogo), e uma mulher de 21 anos, esta última estava totalmente agressiva e descontrolada e iniciou uma série de ataques verbais contra a equipe policial, sendo detida por desacato.

Diante dos fatos, os autores e vitima foram encaminhados até o 1º Distrito Policial juntamente com a arma de fogo e o veículo para as providencias cabíveis.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais