PM prende homem por disparo de arma de fogo e resistência na fronteira

No início da madrugada desta sexta-feira (5), a Polícia Militar de Aral Moreira recebeu informações de que um indivíduo estaria efetuando disparos de arma de fogo em um bar localizado no município.

No local, os agentes verificaram que havia várias pessoas e, enquanto realizavam a busca pessoal no autor, de 37 anos, notaram um volume na região da cintura da esposa do autor, a qual estava grávida e havia escondido a pistola.

Os policiais, então, solicitaram a entrega da arma de fogo, o que foi negado pela mesma e, nesse instante, os presentes no bar partiram para cima dos policiais e começaram a empurrá-los.

Foi necessária conter e retirar as pessoas que estavam tumultuando a ocorrência e, assim, deter o autor dos disparos.

Segundo o relatado por ele, o mesmo se aproveitou da gravidez da esposa e passou a arma para que ela escondesse quando avistaram a viatura policial se aproximando.

Diante dos fatos, o casal foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil aonde foram entregues juntamente com a arma de fogo apreendida, uma pistola calibre nove milímetros, com carregador e cinco munições intactas.

Veja também