Primos de prefeito são sequestrados na região de fronteira. Um deles foi encontrado morto

Homens armados sequestraram no começo da noite de ontem (27), os irmãos Hugo Milciades Barbosa Esquivel de 34 anos e Júlio César Barbosa Esquivel de 39 anos. Eles foram levados do bairro Bernardino Caballero em Yby Yaú a cerca de 100 quilômetros de Pedro Juan Caballero. De acordo com a Polícia Nacional do Paraguai, a esposa de Hugo recebeu o pedido de resgate de cerca de R$ 86 mil, mas disse não ter condições de pagar.

Os homens foram armados até uma mercearia de Hugo e ameaçaram a esposa e funcionários e depois de revirar o local foram embora. Logo depois um primo do sequestrados se armou e foi em busca dos parentes nas matas da região. Ele teria trocado tiros com os sequestradores e está desaparecido. Júlio Barbosa foi foi encontrado ferido por disparos de arma de fogo e socorrido para um hospital da região.

Na manhã desta terça-feira o corpo de Hugo foi encontrado por homens da Polícia Nacional do Paraguai. Os envolvidos seriam primos do prefeito de Yby Yaú, , Vidal Argüello que disse que toda a família está preocupada e assustada com o acontecido.

O comissário chefe do Departamento Antisequestro do Departamento de Concepcion, Pedro Miltos, disse que a família não tem posse e que são trabalhadores comuns e por isso o caso pode ter uma outra motivação além do sequestro, uma cobrança de divida, por exemplo ou motivos particulares.

Homens da Força Tarefa Conjunta (FTC) estão na região e a participação de grupos guerrilheiros está praticamente descartada. “Eles não possuem nada de posse e não se enquadram no perfil dos alvos dos guerrilheiros do Exército do Povo Paraguaio (EPP) ou outros grupos que agem na região”, disse ele.

Levado por homens armados, Hugo foi encontrado morto nesta manhã.(Foto: Arquivo familiar)

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais