Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Roubos a estabelecimentos comerciais caíram 44% em MS

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) divulgados essa semana mostram quedas nos crimes contra o patrimônio em Campo Grande e no interior do Estado. Também foram registradas redução nas mortes no trânsito e de feminicídio.

De acordo com os números da Sejusp, a queda nos roubos em Campo Grande foi de 31% em janeiro de 2021, em comparação com o mesmo período de 2020. Em todo o Estado a queda foi de 30,4%. Ao todo foram registrados em Mato Grosso do Sul no primeiro mês do ano 449 roubos, contra 645 de 2020. Na Capital foram 263 casos este ano e no ano passado 381 ocorrências.

A maior queda foi naquelas ocorrências a estabelecimentos comerciais na faixa de fronteira, com recuo de 68,8%. O total de casos de roubos a comércios registrados em todo o Estado apresentou queda de 44,7%. Também caíram em 30,4% os registros de roubos em via urbana em Mato Grosso do Sul.

Outro crime em queda em Mato Grosso do Sul é o furto, com percentual de 18,9%, saindo de 3.132 casos em janeiro do ano passado para 2.541 casos no mesmo período desse ano. Nessa modalidade, no Estado a maior queda foi registrada nos furtos de veículos, (-25,6) e 24,2% em Campo Grande. Os furtos a residências também diminuíram: 3,3% no Estado e 5,5% na Capital.

Trânsito

Conforme os dados da Sejusp o trânsito está mais seguro em Mato Grosso do Sul. Em janeiro deste ano foram registradas 10 mortes a menos que no mesmo período de 2020, quando 26 pessoas perderam suas vidas em acidentes nas estradas estaduais e ruas do Estado. A queda é de 38,5% nos homicídios culposos no trânsito.

Feminicídios

Quedas também foram registradas nos feminicídios, tanto na Capital (-100%), como no Estado (-33,3%).

Fronteira mais segura

O reforço de policiamento enviado pela Sejusp para os municípios da faixa de fronteira já reflete na estatística criminal. Durante o mês de janeiro houve queda de 22,2% nos homicídios culposos no trânsito, de 27,3% nos roubos totais, de 23% nos roubos em via urbana, de 68,8% nos roubos a estabelecimentos comerciais, de 14,1% nos furtos de maneira geral e de 17% nos furtos de veículos.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais