SENAD desenterra 18 mil toneladas de maconha em Capitan Bado

Operação realizada por agentes especiais da Regional nº 1 da SENAD, a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, na manhã desse domingo (20) na região do Trabuco, desmontou um grande esquema de produção, armazenagem e tráfico de maconha. A “base” dos narcoprodutores funcionava na Estância Santa Rosalina, localizada em Capitan Bado.

Durante a operação de busca na propriedade, as equipes da SENAD localizaram uma espécie de cemitério de maconha onde estavam enterrados 600 sacos de 30 quilos de maconha cada um. A apreensão fechou com exatos 18 mil quilos da droga

A operação contou com o apoio do pessoal do FF.EE. e a unidade especializada no combate ao narcotráfico, sob supervisão da promotora Blanca Dávalos e direção do promotor Celso Morales.

Foram necessárias várias horas de trabalho para desenterrar o entorpecente. (Foto: Divulgação)
Veja também