Tabelião sai para trabalhar na fronteira e desaparece

Marcos Morandi

Juan Clinio Duré Real, de 60 anos, um tabelião de Villlarrica, no Departamento de Guairá, saiu de casa com um Renault cinza, com placa DAL 154 P, em direção ao trabalho e depois não foi mais encontrado.

O caso foi denunciado à Polícia Nacional pela esposa de Juan, que informou que ele vestia calça jeans azul marinho e camisa xadrez azul. Além disso, ele indicou que seu celular ainda está ligado, mas ninguém atende as ligações e mensagens.

A denúncia foi feita na Delegacia de Polícia Judiciária e já foi solicitada a colaboração do Departamento de Polícia Anti-sequestro. Até o momento não há nenhuma informação sobre o paradeiro do tabelião.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais