O crime pode ter sido cometido por desavenças políticas.(Foto: Reprodução)

Um homem que estava em uma motocicleta matou na tarde deste domingo (8), o agricultor Aníbal Ortiz de 45 anos e feriu outras três pessoas sendo uma delas o marido da candidata a prefeita Claudinha Maciel (PSD). O crime aconteceu em uma conveniência na região central de Coronel Sapucaia logo depois de uma ato político.

Segundo informações centenas de pessoas estavam no local e nas proximidades quando dois homens chegaram em uma moto e o garupa desceu com uma pistola na mão e atirou várias vezes contra Aníbal. Quando ele caiu o pistoleiro ainda fez outros disparos contra a vítima.

Os tiros atingiram também João Tavares da Silva de 62 anos, esposo da candidata a prefeita Claudinha Maciel. Ele levou um tiro na boca, Luciana Antunes Lopes de 21 anos, foi atingida com um tiro em um dos pés e Carlos Alberto de Andrade de 50 anos também levou um tiro no rosto e precisou ser levado para Campo Grande. As outras vítimas foram levadas para o Hospital Municipal de Coronel Sapucaia e depois transferidos para Ponta Porã.

Informações dão conta de que duas coligações resolveram fazer adesivagem no mesmo dia, uma terminava as três e meia da tarde e outra começaria logo após e uma desavença política pode ter sido o motivo do homicídio das tentativas de homicídio. Candidatos e cabos eleitorais do MDB e do PSD estavam na região central realizando manifestações.

Pelo menos 12 cápsulas de pistola 9 milímetros foram apreendidas pelos policiais que estiveram no local. Não foi realizada perícia, porque segundo a Polícia Civil, o corpo de Aníbal foi colocado por populares no carro funerário e levado para o hospital.