Uruguaio preso com armas era fugitivo e fazia parte de quadrilha de assaltantes

Marcos Morandi

José Enrique González Silveiro, um uruguaio de 49 anos, com extensa ficha criminal e considerado extremamente perigoso em seu país, foi preso com armas de grosso calibre em Bella Vista Norte, na fronteira com Mato Grosso do Sul.
Segundo o comissário Alcides Cantero, com ele foi encontrado um fuzil de assalto 5.56×45 modelo M-4 com dois pentes e 56 projéteis do mesmo calibre. Além disso, uma pistola Bersa de 9 milímetros com carregador e também 32 balas sem percussão e um colete policial.


Cantero indicou que o detento adquiriu as armas no Brasil e que estava seguindo para Assunção, de onde planejava voltar ao Uruguai. Ele explicou que tem 15 registros, incluindo homicídio, roubo agravado, furto e outras ocorrências. “Ele comprou a arma longa por 70 mil reais e a arma curta por 15 mil reais. Ele disse que fazia parte de uma quadrilha de assaltantes”, explicou o comissário em entrevista à Rádio Urendey FM, ressaltando que o criminoso passou 22 anos em uma penitenciária uruguaia.

Veja também