Se condenados, os dois podem ser expulsos do Brasil; Foto: Adilson Domingos

Hector Eduardo, de 28 anos, e Henry Rafael, de 44, nascidos na Venezuela e moradores no Jardim Independência próximo à Praça Paraguaia, em Dourados, foram presos ontem (28), por policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG), da Polícia Civil, acusados de tomar de assalto um notebook e celular.

O crime aconteceu na semana passada, na Rua Palmeiras esquina com 20 de Dezembro.

No dia que foram acusados do crime, a dupla estava em um Fiat Uno de cor vinho e como falavam espanhol, os investigadores concentraram as buscas através destas características.

Levados para a Polícia Civil, os dois foram ouvidos e como não estavam na condição de flagrância, o caso foi comunicado para a Polícia Federal que vai analisar a situação da dupla que está no Brasil na condição de refugiados.

Se infringiram alguma lei da imigração, poderão ser deportados e mandados de volta para a Venezuela. Os dois negam o crime, e foram liberados.