refis

Família de Murilo desmente piora e diz que retorno a SP é consulta marcada

A família do vice-governador de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith, desmentiu a suposta piora no quadro de saúde dele e disse que sua volta ao Hospital Albert Einstein ontem (15), foi para uma consulta marcada.

No início da semana surgiu a notícia de que o político teria apresentado piora devido sequelas da Covid-19 e estava internado num hospital particular em Dourados, e que inclusive ele seria transferido para a capital paulista.

No entanto, segundo sua esposa, a empresária Cecília Zauith, Murilo tinha uma consulta de retorno pré-agendada, e que o vice-governador não precisou ser internado. Ela também informou ao Midiamax que o marido deve passar por exames nesta sexta-feira (16).

A reportagem relembra que Murilo foi diagnosticado com a Covid-19 em 21 de janeiro, inicialmente assintomático, o que o possibilitou assumir o governo estadual durante férias do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Quando os sintomas apareceram, o vice-governador se ausentou e o presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa (PSDB), assumiu o governo.

Zauith ficou hospitalizado no Albert Einstein até o início deste mês, retornando para Dourados no dia 6.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais