Karlos da UCP diz que fronteira sofre sem representante em Brasília

O pré-candidato a deputado federal (MDB) Karlos Bernardo o Karlos da UCP, disse ontem durante encontro com o prefeito de Ponta Porã Hélio Peluffo (PSDB) que toda a região de fronteira com o Paraguai e com a Bolívia sofre sem um representante em Brasília. a cidade que faz fronteira com o Paraguai e já tem os deputados Flávio Derzi e Oscar Goldoni por exemplo na Câmara dos deputados e Rachid Saldanha Derzi como senador, hoje não conta com representatividade nem mesmo na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul.


Em visita de cortesia a Peluffo, Karlos da UCP disse que os municípios de fronteira precisam ter um olhar diferenciado dos políticos e somente com representantes na Capital Federal e em Campo Grande é que isso será possível. “Moro na fronteira e sei das dificuldades que nossa gente enfrenta. Vivemos todos os tipos de problemas e a falta de recursos é um dos pontos chaves destas mazelas. Estarei me colocando a disposição de todas as cidades do Mato Grosso do Sul, mas em especial dos fronteiriços que vivem um verdadeiro abandono de representatividade. Sem deputados federais e estaduais que nos representam, o fardo fica em cima dos prefeitos como o de Ponta Porã, que com sabedoria e competência vem sabendo liderar os municípios da região em busca do desenvolvimento, mas passou da hora de termos um deputado federal e uma bancada forte em Campo Grande para ajudar estes gestores a enfrentar os desafios que a região oferece”, disse Karlos.


Empresário rural e do ensino superior, Karlos Bernardo foi o responsável pela implantação do curso de medicina da Universidade Central do Paraguai em Pedro Juan Caballero e grande parte dos seis mil alunos que a instituição possui do lado paraguaio da fronteira moram em Ponta Porã. “Vindos de diversos estados brasileiros, nossos universitários geram emprego e renda em Ponta Porã e isso contribui para o desenvolvimento da cidade, por isso a importância de buscar esta vaga em Brasília para defender os interesses deste povo trabalhador que me acolheu e que acolhe aqueles que escolhem estudar em Pedro Juan Caballero”, contou o pré-candidato.


Depois de visitar o prefeito de Ponta Porã, Karlos da UCP seguiu para Corumbá e Ladário onde manteve contato com lideranças políticas da região de fronteira com a Bolívia e conversou com moradores.

Em Ladário, Karlos esteve reunido com lideranças locais. (Foto: Eliel Oliveira)
Veja também