Cleide Oliveira e o filho, Cledir Jorge de Oliveira, morreram na última sexta-feira (25), e ontem (26), respectivamente, em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Ambos eram moradores no assentamento Aldeia I, em Bataguassu.

Segundo o portal de notícias Cenário MS, a mãe estava internada no Hospital da Vida, em Dourados, e o filho, no Hospital Regional de Nova Andradina.

Nesse sábado, o quadro clínico de Cledir se agravou e ele foi encaminhado a Dourados. Por volta das 18h, não resistiu e veio a óbito.

Conforme o site, Cleide e Cledir eram, respectivamente, mãe e irmão de um servidor da Secretaria de Saúde de Nova Andradina, sendo ambos muito conhecidos na cidade.

Cledir faleceu hoje (27), no Hospital da Vida.

Mortes em Bataguassu

Entre os dez óbitos, envolvendo moradores de Bataguassu, os três últimos foram moradores do assentamento Aldeia, de acordo com Cenário MS.

Desde do inicio da pandemia, o município já registrou 1.291 casos positivos. Atualmente, possui 40 casos ativos. Destes, seis estão internados. Há ainda 50 casos em investigação e 137 pessoas monitoradas pela Secretaria de Saúde, com síndromes gripais.