Até o momento, dez pessoas foram presas em Ribas do Rio Pardo por compra de voto e boca de urna, na cidade de Ribas do Rio Pardo. Entre os presos está um candidato a vereador, segundo o Midiamax.

Além da boca de urna, as detenções foram por transporte ilegal de eleitor, venda e compra de votos e desrespeito à Lei Seca – que hoje (15), proíbe até às 17h o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, como restaurantes, bares e conveniências.

Um dos presos, conforme o site, teria oferecido R$ 150 para um eleitor votar num candidato. Ele aceitou, por isso está incluso entre os presos.

Três foram levados para a delegacia depois de terem sido flagrados bebendo em um bar.

Há também prisões em Campo Grande, dois homens, em Dourados, uma mulher que foi flagrada tentando fotografar a urna, e há pouco, outro indivíduo detido pela Guarda Municipal após ser flagrado com material de campanha e dinheiro.