Preso por violência doméstica, vereador pede afastamento do cargo

O vereador Diego Cândido Batista, ”Diego Carcará”, endereçou esta tarde ao presidente da Câmara de Vereadores de Fátima do Sul, requerimento em que solicita afastamento temporário imediato, por 30 dias, do mandato a partir de hoje (25). Diego pede deferimento da medida para tratar de assunto particular.

O documento foi recebido devidamente protocolado na Câmara Municipal. Ainda não há informação de quando o requerimento será analisado pelo presidente da casa e demais vereadores. Diego está preso desde o último domingo quando foi atuado em flagrante de violência doméstica contra a esposa e filho de apenas 1 ano.

Policiais militares que atenderam o caso apuraram junto a esposa do vereador, que depois de retornar de Dourados, os dois tiveram uma discussão, após ele derrubar a criança e tentar bater com chinelo na enteada que também é uma criança. Ao defender os filhos, ela alega ter sido agredida pelo vereador.

Para a polícia, Diego alegou ser a vítima, que a mulher o agrediu e apenas tentou se defender. Preso, foi autuado em flagrante na Polícia Civil enquadrado em lesão corporal, vias de fato e violência doméstica.

Veja também