Câmara Municipal está engajada no combate à dengue em Ponta Porã

Os 17 vereadores de Ponta Porã manifestaram apoio ao trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde na prevenção e combate à dengue. Os parlamentares se somam a diversos grupos da sociedade local para divulgar as ações necessárias para a prevenção à doença que já promoveu 11 internações hospitalares em 2022.

O secretário de Saúde do município, Patrick Derzi, apresentou números referentes à dengue. Segundo ele, no ano passado foram 639 notificações, com 176 casos positivos. Foram necessárias 37 internações hospitalares de pessoas contaminadas. Neste ano, já são 83 notificações e 15 casos positivos. Em 13 semanas, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 11 internações hospitalares.

Patrick informou que o trabalho de prevenção e combate está sendo feito em conjunto com as autoridades e sociedade de Pedro Juan Caballero. O trabalho conjunto é coordenado pelo Comitê Internacional de Combate à Dengue. A fronteira possui uma população de cerca de 200 mil habitantes.

“Nesta época de chuva e calor, a situação fica crítica pois é momento de proliferação do mosquito transmissor da doença. Temos uma infestação na ordem 3,1% na cidade. O tolerável pela Organização Mundial de Saúde é um por cento. Por tanto, vamos impulsionar as ações. Mas o poder público precisa da ajuda da comunidade. Cada cidadão pode, uma vez por semana, em dez minutinhos, olhar o quintal, o telhado, as calhas da casa, para retirar o acúmulo de água que serve de criadouro para o mosquito. Só vamos vencer o problema se tivermos todos unidos”, disse.

Outros

Durante a sessão os parlamentares votaram requerimentos verbais e apresentaram mais de 39 indicações que são solicitações para órgãos públicos municipais e estaduais visando assegurar melhorias por meio de obras e serviços para os moradores dos bairros e comunidades rurais.

Veja também